Current track

Title

Artist

Current show

Current show


Residentes

AVGVSTVS é médico veterinário de cães e gatos, produtor musical, DJ. Atualmente mora em Viçosa (MG) e compõe metade do duo Pérola Branca (junto com Mandruvá), que possui diversos lançamentos em selos nacionais e internacionais, e é um dos criadores do coletivo Budaboom (Franca, SP) e ALGOL (SP)

De belo horizonte e atualmente morando em Ubatuba, litoral norte de São Paulo, Carolina Costa, Brookyn é dj/produtora, designer e co-fundadora do coletivo APEX (2017) onde antes da pandemia eram realizadas festas para dar mais visibilidade à música e performance de mulheres. Seu envolvimento com música eletrônica começou em 2008 quando começou a frequentar festas raves em Minas Gerais que aconteciam em fazendas e sítios, a partir daí se interessou cada vez mais pela música eletrônica e veio a vontade de tocar e produzir. Em 2020 começou o duo de acid e industrial techno, o Never Sleep Again (NSA), com o DJ NASUR que é um nome novo na cena.

Metamorfo, troca-peles, encarnação de formas que ainda não existem, em (des)sintonia com a música. Caminhando nas bordas de mundos desconhecidos, as densas camadas de sua pesquisa, passeando do synth wave ao industrial, dark disco e EBM, atravessam a pista levando-a à única forma de permanência possível: a impermanência. Metamorfo é um projeto criado por Pablo Araujo, Produtor cultural e DJ residente do coletivo Intima e idealizador da @festaavulsa, ambos em Belo Horizonte. Atualmente, apresentador do programa Síncope na @functionfm e Dj residente da festa @blumsp.

Maco Maltauro traz para a pista de dança influências da Disco Music, alinhadas á batidas eletrônicas, levando o público a uma jornada sonora dançante. O artista iniciou sua carreira de DJ e produtor de festas no Sul de Minas em 2014 com o objetivo de levar a cultura soundsysten para praças a fim de interagir com as diversas manifestações culturais locais. Como um bom Pesquisador musical e colecionador de discos é comum em suas pesquisas sons multiculturais e musicas que foram esquecidas no tempo. Fundador da festa Zona Zen e produtor musical do selo Casa Caos .

Baiano da Chapada Diamantina, mais precisamente da chapada velha de Barra do Mendes, residente em Salvador, Jerônimo é DJ desde 2002. Idealizador do projeto Hi.LO , que propõe diálogos nas diversas linguagens da arte, música, performance, video mapping, na ativa desde 2012. Graças à influência materna, durante a infância Jerônimo estudou teoria e prática em Órgão e piano clássico através de aulas ministradas por freiras em um convento na cidade onde nasceu.Outra marca dessa época são as trilhas sonoras de Enio Morricone e outros clássicos orquestrados nos filmes de faroeste ecoados nos alto falantes do pequeno cinema da cidade onde nasceu. Atualmente, participa do coletivo @Manifestomanifesto,que para além da música e performance, propõe temáticas que manifestem questões dissidentes e políticas nas temáticas das suas festas. É criador da festa Climaxxx e mantém residência na rádio digital Function fm, na qual convida artistas da cena baiana para falar dos seus trabalhos autorais e mostrarem suas pesquisas musicais em DJ set.

Eve Nacari, São Paulo - 1997, sempre gostou de música eletrônica, mas se interessou em produzi-la após descobrir diversos sons experimentais em meados de 2014. Em sua discografia inicial viajou entre diversos gêneros da música eletrônica, sendo eles synthpop, darkwave, vaporwave, pop, disco. Foi em maio de 2018 que conheceu a cena eletrônica underground de São Paulo e ali sentiu que encontrou o tipo de som que queria fazer. Após frequentar diversas festas produziu seu primeiro Live Act, que posteriormente foi lançado em forma de dois EPs, Fantastik Animo Vol 1 e Vol 2. Seu último lançamento é WUX20XX, com uma sonoridade mais pesada refletindo a nossa atual experiência no mundo. Atualmente, Eve Nacari está testando e pesquisando novas sonoridades para o seu novo Live Act previsto pra estrear na metade do ano que vem.

Vinicius Porto ou o simples VPORTTO, é dj, 1/3 da Rádio Neutra, designer e sócio à frente do caloroso Fagulha, bar que movimenta Presidente Prudente e a coloca na rota de djs e adeptos da contra cultura. Com uma pesquisa híbrida e sem rótulos, fica claro sua versatilidade e autodidata harmônica ‑ vivendo a frente de seu tempo, esse jovem do interior amplifica seu olhar estético em sets que contagia e refresca... deslizando por ondas deep, downtempo ou dub, frequências ácidas ou batuques regionais, o que pode se esperar é uma criativa sagacidade pelas várias camadas que passa em suas apresentações.

Diego Eva é multiartista nordestino baseado em São Paulo. Em 2010 iniciou seu percurso de produção e discotecagem na cena underground de Fortaleza-CE, com o propósito de explorar novos sons e espaços junto à festa queer Sonha, Alice. Em paralelo desenvolveu a DIAG, tradicional movimento independente de música eletrônica da capital cearense, que promove ocupações culturais em clubes e espaços públicos da cidade. Em 2017 criou junto a outros artistas o coletivo audiovisual Eletrogeras, projeto que teve o foco em percorrer por perspectivas experimentais sonoras e visuais da música eletrônica no Ceará e que foi gatilho disseminador de uma nova nova safra artística na cultura clubber contemporânea do estado. Atualmente dialoga com a cena através do seu alter ego, EVVA, tocando pelas pistas de dança e criando conteúdo online junto ao núcleo artístico da Rádio Function.fm.

Allaoy é uma peça-chave para o alimento cultural eletrônico do interior de Minas Gerais e tem desestruturado o tradicionalismo e articulado o comportamento social a questionar como usufruem do seu espaço-tempo. A frente de projetos como o coletivo Bait ele também é dj residente da Function.fm e curador do programa Sede Guerrilha. É a mente a frente da web radio independente @function.fm - espaço onde tem construído evoluções e histórias sonoras através de seu programa DIMENSÃO.

Laryssa Braga ou Larysss é Dj e Produtora Cultural atuante na cena de Belo Horizonte desde 2018. Começou a discotecar em 2019 e integra os coletivos AYÔ e Discothèque. Sua sonoridade é baseada nos sons com que teve contato desde criança, com grande influência da musicalidade dos anos 70, 80 e 90, sendo principalmente na música negra onde ela encontra a inspiração para criar sets dançantes, felizes e cheios de groove, com canções que passam pelo soul, funk, disco, house, techno, afrohouse e seus subgêneros.

Fritzzo, multiartista, dj e produtora de 23 anos que atua na cena de música eletrônica underground de Porto Alegre desde 2017, mas iniciou sua carreira como dj aos 18 anos. É co-fundadora do Coletivo Plano, grupo de artistas que questiona a utilização, segurança e a preservação dos espaços públicos e privados por meio de festas e atualmente é dj residente da Pane PoA, festa que possui uma estética oitentista.

Conhecida pela sua pesquisa voltada para o synth, industrial e dark beat, Thaís iniciou sua carreira como DJ em 2018 em Uberlândia. Logo de cara foi uma das partes da Festa Temporal, projeto que marcou presença nas pistas e principais festivais da cidade, tendo também mostrado sua cara na capital carioca. Se envolveu em outras produções uberlandeses, como a Baile 034, Inferninho e BAIT, além de já ter gravado sets para rádios de São Paulo e Belo Horizonte. Gosta de misturar o industrial com batuques e vocais intensos, mas se mantendo fiel ao synth, criando assim uma atmosfera cósmica e não obstante dançante para o público.